Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

12075006_921871734594424_5184418932282022718_n
No comando: Gilberto E. – Produtor e Programador

Das as

20160311__197870136
No comando: Automatico

Das 23:00 as 04:00

img_0447
No comando: No Quintal De Casa – Natal De Barros

Das 04:00 as 07:30

whatsapp-image-2019-09-27-at-21-33-06
No comando: SABADAO SERTANEJO – JOTA CARLOTA

Das 05:00 as 08:00

67315458_145573373214369_530606049363755008_n
No comando: ENCONTRO RURAL – CARLOS CESAR

Das 05:00 as 09:00

img_0444
No comando: GUAVIRA NOTICIAS – REINALDO S. E NATAL DE B.

Das 07:30 as 08:00

67615714_147624343009272_4792171655285702656_n
No comando: VIVA A VIDA – LEOCIR MUNHOZ

Das 08:00 as 10:00

67315458_145573373214369_530606049363755008_n
No comando: MÚSICA E INFORMAÇÃO – CARLOS CESAR

Das 08:00 as 11:30

img_0447
No comando: O DOMINGO É NOSSO – NATAL DE BARROS

Das 09:00 as 12:00

dsc03725
No comando: MANHA 103 DE SUCESSOS – WILSON PAPARELI

Das 10:00 as 13:00

58409907_2337066166616419_2121699506160916794_n
No comando: De Primeira – Román Laurito

Das 11:30 as 12:00

cantine
No comando: Hora 103

Das 12:00 as 13:00

rm
No comando: PROGRAMA ROBERTO & MEIRINHO

Das 12:00 as 14:00

vitrola
No comando: Guavira e as Brasileiras

Das 13:00 as 15:00

essa
No comando: Programa “Mais Música” – Edezio Vieira

Das 13:00 as 16:00

d7d3ce68-f997-4b39-b09a-c1767b7a147e
No comando: Jornada Esportiva

Das 14:00 as 20:00

img_0451
No comando: CORAÇAO SERTANEJO – REINALDO SANTOS

Das 15:00 as 19:00

53641320_121250432313330_5541060780289425408_n
No comando: Relíquias da 103 – Reinaldo Santos

Das 16:00 as 19:00

33040184_2113612355589488_3898105776614408192_n
No comando: Anuncio da Paz – Junior Quirino

Das 19:00 as 19:30

d7d3ce68-f997-4b39-b09a-c1767b7a147e
No comando: Jornada Esportiva

Das 19:00 as 22:00

70333532_154553595649680_6705508916261814272_n
No comando: GUAVIRA INTERATIVA – Wellington Matsuo

Das 19:00 as 22:00

20160311__197870136
No comando: DJ GUAVIRA FM

Das 20:00 as 05:30

“Bolsonaro se fantasia de imperador”; diz a folha de São Paulo

Compartilhe:
ele

O jornal Folha de S.Paulo publicou 1 duro editorial criticando o presidente Jair Bolsonaro na sua edição impressa de sábado (30.nov.2019). Nesta 2ª feira (2.dez.2019), o Palácio do Planalto respondeu por meio de artigo no próprio veículo.

O periódico avalia que Bolsonaro “não entende nem nunca entenderá os limites que a República impõe ao exercício da Presidência” e afirmou que seus “caprichos” devem ser contidos pelas instituições democráticas. “A sua caneta não pode tudo.” Afirmou que a legalidade, a impessoalidade e a moralidade da governança pública, exigidas pela Constituição, não são “palavras lançadas ao vento numa ‘live’ de rede social”.

O jornal fez uma referência ao próprio linguajar militar do presidente ao dizer que “a Carta equivale a uma ordem do general à sua tropa. Quem não cumpre deve ser punido”.

O jornal conclui que “descumpri-la é, por exemplo, afastar o fiscal que lhe aplicou uma multa. Retaliar a imprensa crítica por meio de medidas provisórias. Ou consignar em ato de ofício da Presidência a discriminação a um meio de comunicação”.

O editorial foi publicado após o governo excluir a Folha da relação de veículos nacionais e internacionais exigidos em 1 processo de licitação para fornecimento de acesso digital ao noticiário da imprensa. A lista menciona 24 jornais e 10 revistas. A Folha não é mencionada. O pregão, marcado para 10 de dezembro, tem valor total de R$ 194 mil.

O secretário de Comunicação Social da Presidência da República, Fábio Wajngarten, respondeu o jornal nesta 2ª feira (2.dez.209). Wajngarten escreveu que a “fúria editorial do grupo jornalístico contra o presidente Jair Bolsonaro não é de hoje e nem começou com sua assunção à Presidência da República”. O secretário acrescenta que as matérias do veículo “fantasiam estórias, dão respaldo a mentiras e tentam impor ao leitor sua visão caolha, retrógrada e pessimista com a situação política, econômica e social do Brasil.”

Afirmou também que o conteúdo divulgado pela Folha defende “uma conspiração pela saída do presidente da República, num golpe contra as instituições e, principalmente, contra a vontade da maioria dos brasileiros.” Wajngarten declara ainda que Bolsonaro tem uma legitimidade que “a Folha de S.Paulo e outros veículos da mesma estirpe, torpes e levianos, não têm e jamais terão.”

Deixe seu comentário: