Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

12075006_921871734594424_5184418932282022718_n
No comando: Gilberto E. – Produtor e Programador

Das as

36970480_108277823428388_2889280978839142400_n
No comando: No Quintal De Casa – Com Natal De Barros

Das 04:00 as 07:30

36975837_106803426909161_8864002249068642304_n-640x640
No comando: Sabadão Sertanejo – Jota Carlota

Das 05:00 as 09:00

31531106_1498118870299896_7802672339388203008_n
No comando: Encontro Rural – Carlos Cesar

Das 05:30 as 09:00

36868164_105373253718845_613991477910962176_n
No comando: Guavira Noticias – Reinaldo Santos

Das 07:30 as 08:00

logo-300x300
No comando: MANHÃ GUAVIRA

Das 08:00 as 11:30

39814293_143094449946725_8505784646389202944_n
No comando: O Domingo É Nosso – Natal De Barros

Das 09:00 as 12:00

dsc03725
No comando: Manhã 103 de Sucessos – Wilson Papareli

Das 09:00 as 12:00

15110921345a116fa696e06
No comando: De Primeira – Ricardo Capriotti

Das 11:30 as 12:30

No comando: Hora 103

Das 12:00 as 13:00

Leocir Munhoz
(Depto. Vendas e Locutora)
No comando: Viva a vida – Leocir Munhoz

Das 12:00 as 14:00

violao-erudito1
No comando: Musical

Das 12:00 as 14:30

No comando: Guavira e as Brasileiras

Das 13:00 as 15:00

37597999_123132338609603_4785633778758320128_n
No comando: Programa Mais Música – Edezio Vieira

Das 14:00 as 17:00

rogerioassis
No comando: Jornada Esportiva – Rogerio Assis

Das 14:30 as 17:00

36868164_105373253718845_613991477910962176_n
No comando: Coração Sertanejo – Reinaldo Santos

Das 15:00 as 19:00

violao-erudito1
No comando: Musical

Das 17:00 as 04:00

36868164_105373253718845_613991477910962176_n
No comando: Relíquias da 103 – Reinaldo Santos

Das 17:00 as 20:00

20160311__197870136
No comando: DJ GUAVIRA FM

Das 20:00 as 05:30

39242275_140991546823682_8553856866713600000_n
No comando: Jornada esportiva – Ulisses Costa

Das 20:30 as 22:45

imagem_materia
No comando: A Voz do Brasil- Equipe Voz do Brasil

Das 22:00 as 23:00

20160311__197870136
No comando: Automatico

Das 23:00 as 04:00

Começa nesta quinta o pagamento de abono PIS-Pasep 2018-2019 para nascidos em dezembro

Compartilhe:
pis

Começa a ser pago nesta quinta-feira (13) o abono salarial PIS do calendário 2018-2019, ano-base 2017, para os trabalhadores da iniciativa privada nascidos em dezembro. No caso do Pasep, que é pago para servidores públicos por meio do Banco do Brasil, o pagamento começa para quem tem final da inscrição 4. O PIS é pago na Caixa Econômica Federal.

De acordo com o calendário, os nascidos nos meses de julho a dezembro receberão o PIS ainda no ano de 2018. Já quem nasceu entre janeiro e junho receberá o PIS no 1º trimestre de 2019. Em qualquer situação, o recurso ficará à disposição do trabalhador até 28 de junho de 2019, prazo final para o recebimento.

A estimativa do Ministério do Trabalho é que, ao todo, serão pagos R$ 18,1 bilhões para 23,5 milhões de trabalhadores.

 

Quem tem direito
Tem direito ao abono salarial quem recebeu, em média, até dois salários mínimos mensais com carteira assinada e exerceu atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias em 2017. É preciso ainda estar inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais), ano-base 2017.

Trabalhadores da iniciativa privada retiram o dinheiro na Caixa Econômica Federal, e os servidores públicos, no Banco do Brasil. É preciso apresentar um documento de identificação e o número do PIS/Pasep.

No caso do PIS, para quem é correntista da Caixa, o pagamento é feito 2 dias antes do restante dos outros trabalhadores. Já no caso do Pasep, o crédito em conta para correntistas do Banco do Brasil será efetuado a partir do 3º dia útil anterior ao início de cada período de pagamento.

Valor depende dos meses trabalhados
O valor do abono é associado ao número de meses trabalhados no exercício anterior. Portanto, quem trabalhou um mês no ano-base 2017 receberá 1/12 do salário mínimo. Quem trabalhou 2 meses receberá 2/12 e assim por diante. Só receberá o valor total quem trabalhou o ano-base 2017 completo.

Por exemplo, se o período trabalhado foi de 12 meses, vai receber o valor integral do benefício, que é de um salário mínimo (R$ 954). Se trabalhou por apenas um mês, vai receber o equivalente a 1/12 do salário (R$ 80), e assim sucessivamente.

Rendimentos do PIS
De acordo com a Caixa, quando o saque do PIS não é efetuado, o valor é incorporado ao saldo de quotas. Ao final do exercício financeiro (28 de junho), após a atualização do saldo, os rendimentos são disponibilizados para saque no novo calendário. Os rendimentos variam conforme o saldo existente na conta do PIS vinculada ao trabalhador.

Para saber se tem direito e como sacar
Para sacar o abono do PIS, o trabalhador que possuir Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica. Se não tiver o Cartão do Cidadão, pode receber o valor em qualquer agência da Caixa, mediante apresentação de documento de identificação.

Informações sobre o PIS também podem ser obtidas pelo telefone 0800-726-02-07 da Caixa. O trabalhador pode fazer uma consulta ainda no site www.caixa.gov.br/PIS, em Consultar Pagamento. Para isso, é preciso ter o número do NIS (PIS/Pasep) em mãos.

Os servidores públicos que têm direito ao Pasep precisam verificar se houve depósito em conta. Caso isso não tenha ocorrido, precisam procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação. Mais informações sobre o Pasep podem ser obtidas pelo telefone 0800-729 00 01, do Banco do Brasil.

Abono salarial 2017-2018
Está aberto ainda o prazo de saque do abono salarial do calendário 2017-2018, ano-base 2016. Os trabalhadores poderão retirar o dinheiro até 30 de dezembro.

Quase 2 milhões de trabalhadores não sacaram o benefício, o que corresponde a 7,97% do total de pessoas com direito ao recurso, segundo o Ministério do Trabalho. O valor ainda disponível chega a R$ 1,44 bilhão.

Tem direito ao abono salarial ano-base 2016 quem estava inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos; trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2016 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos; e teve seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Deixe seu comentário: