Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

12075006_921871734594424_5184418932282022718_n
No comando: Gilberto E. – Produtor e Programador

Das as

20160311__197870136
No comando: Automatico

Das 23:00 as 04:00

No comando: No Quintal De Casa

Das 04:00 as 07:30

whatsapp-image-2019-09-27-at-21-33-06
No comando: SABADAO SERTANEJO – JOTA CARLOTA

Das 05:00 as 08:00

67315458_145573373214369_530606049363755008_n
No comando: ENCONTRO RURAL – CARLOS CESAR

Das 05:00 as 09:00

67615714_147624343009272_4792171655285702656_n
No comando: VIVA A VIDA – LEOCIR MUNHOZ

Das 08:00 as 10:00

67315458_145573373214369_530606049363755008_n
No comando: MÚSICA E INFORMAÇÃO – CARLOS CESAR

Das 08:00 as 11:30

No comando: O DOMINGO É NOSSO

Das 09:00 as 12:00

dsc03725
No comando: MANHA 103 DE SUCESSOS – WILSON PAPARELI

Das 10:00 as 13:00

58409907_2337066166616419_2121699506160916794_n
No comando: De Primeira – Román Laurito

Das 11:30 as 12:00

cantine
No comando: Hora 103

Das 12:00 as 13:00

rm
No comando: PROGRAMA ROBERTO & MEIRINHO

Das 12:00 as 14:00

vitrola
No comando: Guavira e as Brasileiras

Das 13:00 as 15:00

samba-e-pagode-63588723484-2
No comando: SAMBA & PAGODE

Das 14:00 as 16:00

img_0451
No comando: CORAÇAO SERTANEJO – REINALDO SANTOS

Das 15:00 as 19:00

nos-embalos-da-j-g
No comando: NOS EMBALOS DA JOVEM GUARDA

Das 16:00 as 18:00

53641320_121250432313330_5541060780289425408_n
No comando: Relíquias da 103 – Reinaldo Santos

Das 16:00 as 19:00

No comando: Anuncio da Paz

Das 19:00 as 19:30

a-voz-do-brasil
No comando: A Voz do Brasil- Equipe Voz do Brasil

Das 19:00 as 20:00

20160311__197870136
No comando: DJ GUAVIRA FM

Das 20:00 as 05:30

a-voz-do-brasil
No comando: A Voz do Brasil- Equipe Voz do Brasil

Das 20:00 as 21:00

vozes-latina
No comando: Vozes Latina

Das 21:00 as 22:00

com-amor
No comando: Com Amor…

Das 22:00 as 23:00

Governo decreta emergência e calamidade em todo o Estado por queimadas e tempo seco

Compartilhe:
1600031475989-660x440

Governo de Mato Grosso do Sul vai decretar estado de calamidade em todo o Estado devido às queimadas e situação de calamidade por causa da seca extrema.

 

Anúncio foi feito neste domingo (13) e o decreto deve ser publicado na edição de amanhã do Diário Oficial do Estado.

 

No dia 24 de julho deste ano, o governo decretou situação de emergência no Pantanal sul-mato-grossense, devido aos incêndios florestais que atingem a região. A emergência reconhecida pelo governo federal no dia 6 de agosto.

 

Desta vez, o decreto abrangerá as 79 cidades do Mato Grosso do Sul, que tem sofrido com aumento de queimadas florestais e urbanas durante o período de calor, seca e estiagem.

 

Dentro do decreto, também será declarada situação de calamidade em relação a uma seca. Conforme dados neste domingo, esta é a maior seca registrada no Estado em 58 anos., Segundo o secretário estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck.

 

Os índices de umidade tem ficado abaixo de 15% e conforme a temperatura em torno de 40 ° C há cerca de um mês e previsão de chuva é apenas para a primavera , que começa no dia 22 de setembro, conforme meteorologistas.

 

Segundo o secretário nacional de Proteção e Defesa Civil, Alexandre Lucas Alves, uma decretação de emergência é importante porque a Defesa Civil tem recursos, mas que não podem ser repassados sem o decreto do estado e reconhecimento pelo governo federal.

 

Expectativa é que até quarta-feira (16) a situação seja reconhecida, com publicação no Diário Oficial da União .

 

Secretário afirmou que a determinação do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho e do presidente Jair Bolsonaro é de não medir esforços para o combate aos incêndios no Pantanal.

 

Com o decreto, será possível aluguel de aviões para ajudar a apagar como chamas, chamar militares de outros estados, garantindo a estadia dos mesmos pelo período de trabalho, entre outras medidas.

Queimadas

Segundo dados de monitoramento por satélite do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Mato Grosso do Sul teve um aumento de 15% na quantidade de focos de queimadas , com 861 pontos de calor entre os dias 1º e 12 de setembro.

 

Desde o início deste ano, são 7.401 focos acumulados contra 6.427 em 2019.

 

As queimadas se concentram principalmente na região do Pantanal.

 

O aumento dos incêndios se explica pelas altas pela umidade relativa do calor.

FONTE: Correio do Estado

Deixe seu comentário: